29/01/2010

Unioeste oferece cursos de Línguas Estrangeiras à comunidade.

Olá Pessoas,

Notícia de utilidade pública: Unioeste oferece cursos de Línguas Estrangeiras à comunidade através do PEL - Programa de Ensino de Línguas.

Oferecendo cursos de Inglês, Espanhol, Italiano, Francês e Mandarim, a instituição proporciona uma chance a mais aos interessados em se aperfeiçoar em algum destes idiomas.

Para se inscrever é necessário apresentar cópia do RG e fazer pagamento da taxa de inscrição no ato da matrícula. A taxa de inscrição tem custo de R$ 200,00 para aqueles que não possuem vínculo com a UNIOESTE. Para graduandos, pós-graduandos e servidores da universidade, a taxa tem valor de R$ 150,00. Entretanto o candidato deve apresentar comprovante do vínculo com a instituição.

O interessado deve ficar atento à data das inscrições na página do PEL e em cartazes expostos nas dependências da universidade.

Para pessoas que já possuem conhecimento na língua em que pretende se matricular, a equipe do programa realiza testes de nivelamento gratuitamente durante o período de inscrições.

Os cursos serão ministrados no campus de Cascavel e maiores informações podem ser adquiridas no site do PEL.

;D

27/01/2010

Encerrando prazo para inscrições do PSS 2010 - SEED

Olá pessoas... ainda dá tempo pra quem é do PR fazer a sua inscrição para o Processo Seletivo Simplificado - PSS 2010 - da SEED.
As inscrições encerram-se amanha (28/01/2009).
O processo está oferecendo vagas para professores em várias modalidades, desde ensino profissionalizante às séries iniciais do ensino fundamental.
As inscrições devem ser feitas pela internet, no site do Dia a Dia Educação.
Maiores informações e os editais estão disponíveis no site acima.
Aproveitem pessoas... é um contrato temporário mas vale a pena.
;D

Santo Daime é oficializado para uso religioso.

Fuçando na net achei essa notícia no site do yahoo... Super interessante ao meu ponto de vista, pois é mais um sinal de que as diferentes visões estão, na medida do possível, sendo respeitadas. Liberdade de credo (religião) é um direito de todos, e deve ser usado com bom senso. ;D

"O governo brasileiro oficializou ontem as regras para o uso religioso do ayahuasca, chá também conhecido como santo-daime, entre outras denominações, e utilizado principalmente em cerimônias religiosas no Norte do País. A resolução, publicada no Diário Oficial da União, veta o comércio e propagandas do composto, que só poderá ser cultivado e transportado para fins religiosos e não lucrativos. Leia mais..."

25/01/2010

Reconhecimento... eu mereço !!!

O tão almejado reconhecimento, pessoal ou profissional, nem sempre é alcançado pelas pessoas. E olha que nem é tão difícil assim... tudo está nas suas mãos, basta saber como fazer e aproveitar.
O reconhecimento é adquirido com o tempo, juntamente com o respeito das pessoas por você.
Para ser reconhecido e respeitado você precisa se respeitar e, principalmente, respeitar as pessoas ao seu redor.
E falando francamente, você está se respeitando?
Respeitar a si próprio é, além de se aceitar como é (alto, baixo, magro, gordo, feio, homossexual,...), não tentar mudar o seu jeit de ser, a sua essência, simplesmente para agradar a sociedade.
Todas as pessoas possuem características singulares e especiais, que não podem ser imitadas pelas outras pessoas, e nem mesmo arrancadas de você. E é justamente isso que faz de você um ser único.
E quais são estas características? Quais as suas principais habilidades?
Bom, eu não sei quais são as suas... mas e você, sabe?
Se não sabe está mais que na hora de descobrir... e se você já sabe quais são, o que acha de aprimorar estas habilidades e entender a sua personalidade?
Você não precisa ser bom em tudo... no entanto, você precisa ser muuuuito bom em pelo menos uma atividade...
Você se comunica bem com as pessoas? É bom em atividades manuais? Sabe desenhar, escrever, cozinhar? Pois pegue as suas habilidades e desenvolva-as.
Com certeza se você se destacar em algum atividade em específica você será respeitado(a).
E sempre lembre-se que o reconhecimento pelo seu desempenho parte de você.
Procure se conhecer realmente, descobrir do que você gosta, o que te faz feliz... procure também conhecer as pessoas a sua volta, entedê-las e respeitá-las como elas são.
E acima de tudo, preste muita atenção no ambiente em que você está e nas oportunidades que batem à sua porta.
Já ouviu aquele ditado que diz: 'se te atirarem uma pedra guarda-a para construir o teu castelo, a tua fortaleza'?
O caminho é bem por aí mesmo...
Errou? Então veja onde e tente aprender com isso. Nada de se fazer de vítima, pois você é responsável pelos seus atos, e automaticamente por suas consequências.
Olhe pra frente, respire fundo e avance... Seu destino é ser Feliz!!!

23/01/2010

Ismália

Hoje, recordando de momentos do ano de 2008, quando ministrei algumas aulas de literatura brasileira em curso preparatório para o vestibular aqui em Cascavel, me veio à mente o poema 'Ismália' de Alphonsus de Guimarães.
Alphonsus nasceu em 1870 em Ouro Preto, cidade onde conheceu a dor através da morte de sua prima e namorada (tema que passou a ser constantemente abordado em seus poemas). Após este incidente mudou-se para São Paulo, onde cursou direito e conheceu alguns poetas simbolistas (o simbolismo estendeu-se de 1893 até 1902, aproximadamente).
Destas novas amizades surgiu o interesse pela poesia...
Deixou-nos várias obras que ainda hoje tocam as pessoas que realmente se interessam por este período literário (...).
Dentre seus trabalhos, um dos mais marcantes - pelo menos pra mim é o melhor - foi o poema Ismália, que segue abaixo para apreciação:

Ismália

Quando Ismália enlouqueceu,
Pôs-se na torre a sonhar...
Viu uma lua no céu,
Viu outra lua no mar.

No sonho em que se perdeu,
Banhou-se toda em lar...
Queria subir ao céu,
Queria descer ao mar...

E, no desvario seu,
Na torre pôs-se a cantar...
Estava perto do céu,
Estava longe do mar...

E como um anjo pendeu,
As asas para voar...
Queria a lua do céu,
Queria a lua do mar...

As asas que Deus lhe deu
Ruflaram de par em par...
Sua alma subiu ao céu,
Seu corpo desceu ao mar...
Alphonsus de Guimarães.

19/01/2010

To na 'Rede'

Olá pessoas...
Agora estou encanado com essa onda de relacionamentos virtuais... namoros, amizades, bate-papo...
Não sei se corro, não sei se me arrisco (embora eu me arrisque até certo ponto ;D, e gosto disso, hauahu).
Sinceramente não acredito muito que uma 'coisa assim' (namoro virtual) possa realmente dar frutos. Já conheci gente na net, já me relacionei durante uns oito/nove meses só por computador e fone e depois nos conhecemos pessoalmente. O lance deu certo - sim, o trem aconteceu - e foi eterno enquanto durou (quase um ano e meio, ahuahau, mas ainda acho que foi um dos raros casos que acontecem).
Hoje, conversando com algumas pessoas num fórum de discussões sobre relacionamentos, surgiu-nos essa questão.
O mundo virtual pode realmente nos trazer algum benefício no quesito relacionamento?
E até que ponto um relacionamento destes é saudável?
Como existem várias formas de relacionamento acredito que seja bom sim... Toda a cautela nessa hora é pouca, mas vale a pena sim - dependendo da finalidade que você estpá colocando nisso - tentar...
Acredito que aí a questão da comunicação fala mais alto... pelo menos nos níveis de base, para ser consolidada uma relação de confiança e afeto, é necessário o contato físico (isso no meu ponto de vista - quase de quem ta cuspindo pra cima).
Os relacionamentos de amizade são mais fáceis de se construir, pelo menos pra quem está disposto à isso, pois a Internet nos oferece um mundo inteiro de pessoas, assuntos, sites de relacionamento e várias atividades para fazer.
Já um namoro é mais complicado, porque exige um nível de conhecimento que é meio difícil de se alcançar apenas na net...
Relações profissionais tem sido bastante promissoras através da internet.
Parcerias, indicações, compra e venda e muitas outras formas de negociação estão sendo desenvolvidas 'na rede'.
Pra mim a Internet é uma ferramenta maravilhosa, e para a maioria das pessoas que conheço também... e pra você que está lendo este texto também deve ser ;D.
Responsabilidade, cautela e atenção devem andar sempre ao lado de nossos pensamentos, que ultimamente andam conectados à 'rede'.
Portanto, navegar na net, conhecer gente nova, ler, estudar, aprender, comprar... tudo isso conseguimos com um clique. Então vale a pena sim.
Como tudo na vida, é só saber aproveitar...

17/01/2010

Uma Coisa Leva à Outra

Em primeiro lugar, devo dizer que o fato de eu gostar de escrever me levou a criar este blog. Sou apaixonado por leitura - de todos os gêneros - e isso me leva à escrever. Tenho muitos textos escritos, dentre os quais muitos são de cunho científico, resenhas, contos, dissertações diversas e até mesmo alguns textos que chamo de poesia, mas a maioria preriro que fiquem bem guardados em minha memória (muito pouca coisa é claro), em meus cadernos e em meus backups.
Aqui pretendo postar coisas novas e que de certa forma nos façam refletir sobre o mundo, sobre as pessoas e principalmente sobre nós mesmos.
Hoje estive pensando em como 'uma coisa leva à outra', pois tudo o que fazemos é consequencia de algo, e automaticamente causa uma nova consequencia.
Gostar de ler me levou a gostar de escrever... gostar de escrever me levou a ter muitos cadernos preenchidos com textos e criar um blog... criar um blog me fez bem, pois é uma forma de extravasar muita coisa que quero passar à frente... e estar bem me faz fazer coisas boas (a maioria pra mim, hehe, mas mesmo assim são coisas boas).
E isso pode fazer alguém que está lendo pensar em alguma coisa sobre si, ou sobre os demais...
E é justamente isso que eu espero que aconteça, pois se uma coisa leva à outra podemos tentar ao menos direcionar estas atitudes para algo que seja útil...
Penso que compartilhar é sempre mais vantajoso do que guardar qualquer sentimento para sí.
Se está feliz, passa pra frente e deixe outras pessoas felizes com você.
Se está triste, divida com alguém, pois é pra isso que os amigos são feitos (não apenas para ouvir coisas ruins), mas para sentar contigo quando precisar de um ombro amigo, além de sair contigo pra balada.
Quem já ouviu alguma coisa sobre Gestão do Conhecimento sabe que um de seus desfios é fazer com que as pessoas percebam que compartilhar seus conhecimentos é mais vantajoso do que guardá-los para si mesmo, e quato mais difundido for o conhecimento, maior será o seu valor (SANTIAGO JR, 2004).
Ao meu ponto de vista, desde que não nos exponha e não tire nossa privacidade e auto-respeito, compartilhar nossos sentimentos sempre é a melhor opção...
E como uma coisa leva â outra, vai que seus medos, desejos, sentimentos, provoca alguma reação positiva em alguém? Ótimo não é...
Compartilhar, dividir e acima de tudo respeitar.

11/01/2010

Por que ???

Pensando, e pensando e pensando a gente descobre que não sabe de nada mesmo né.

Hoje, vindo pra casa, comecei a ver as luzes da cidade e me perguntei o que seria da humanidade sem energia elétrica... sem luz.

Daí pensando mais e mais percebi que praticamente tudo o que sabemos foi descoberto ou inventado por alguém (é obvio). Mas o pensamento fundamental por trás de tudo isso é que eu ainda - e digo ainda porque espero mudar isso - não inventei nada, nem descobri nada...

Na verdade as unicas coisas que descobri foram a meu respeito... e isso ninguém me tira, ahuahuha (eu espero né).

E tudo isso surgiu de ver uma lâmpada acesa... noooooooossa...

Pelo menos compreendi porque nos desenhos animados utilizam uma lâmpada pra mostrar que alguém teve uma idéia... mas isso acho que não fui eu quem descobriu - infelizmente - e no fundo, no fundo, acho que nem é por isso que utilizam a lâmpadazinha.

Hoje, mais uma vez tive certeza de que não sei muita coisa mesmo... fui até no wikipédia ver quem descobriu a eletrecidade, hehehe...

Mas é isso... não quero mais pensar muito hoje porque isso está acabando com as minhas energias ahuahau.

;D

10/01/2010

Algumas coisas sobre mim... e sobre você...

Para dar início as postagens neste blog - que faço mais para desabafar as coisas que nao quero dizer pessoalmente :S - vou começar falando o porque de criar um blog...
O motivo é a portunidade que o mesmo me oferece de expressar o que eu quero, e quando eu quero... se precisar desabafar e nao tiver nenhum amigo ao alcance das mãos, vamos pro blog...
Mesmo para quem não é fã de escrever, as vezes se torna fácil compartilhar algumas idéias com outras pessoas de outras formas que não sejam falando (cartas, bilhetes, sms, e-mails).
Conversar é muito mais fácil, mas nem sempre tudo o que pensamos é dito - pelo menos pra mim é assim.

Então resolvi escrever... e conversar com que estiver interessado em compartilhar seus pensamentos.

Pensamentos sobre tudo... a vida, os relacionamentos, a novela das 20h00...
O que importa é passar adiante o que se tem em mente. Isso pode provar que mais pessoas pensam como você, ou pode mostrar que você é louco(a) - hehehe. Ou simplesmente pode ser uma possibilidade de extravasar o que se passa dentro da máquina mais elaborada de todos os tempos, o cérebro (sem querer ser sarcástico, o cérebro de algumas pessoas nao é assim uma máquina tão elaborada, hehe, não que o meu seja, mas tem muitos piores por aí).

Para começar gostaria de saber das pessoas que estão passando por aqui o que pensam a respeito disso: Compartilhar suas idéias na internet com pessoas desconhecidas (na maioria das vezes)?

Eu gosto da idéia, tanto que aqui estou escrevendo em um blog, sem saber quem vai ler - se é que alguem vai ler - e se pensa diferente de mim... Eu acho interessante porque pessoas diferentes podem pensar sincronizadamente, ou podem pensar de forma mais diferente ainda...
O que importa é passar pra frente.
O que importa é seguir em frente.
;D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...