30/05/2010

Eu é que não Sou'


Abrindo um 'Parêntese' - ou não, porque o blog é meu (hauahua) então escrevo o que eu quiser - vou dar o meu testemunho...

Entrei pra Igreja :D

Tá, nem tanto... Mas meu testemunho é só um compartilhamento do que eu gosto com você que está lendo isso (vc tbm Luiz Jr, que eu sei que é meu fã - kkkkk):

Eu Adoro a Luiza Possi e ouço sempre que posso (na verdade ouço todo dia, porque tem umas 10 músicas dela no meu celular, então eu ouço todo dia). E tem uma música que é linda, em letra, em voz (dela é claro), em melodia... em tudo!!!

Aqui vou colocar só um trechinho, que é mais que fofo :D

Eu Não'

E quem se perde completamente, eu é que não sou
Quem esconde tudo que sente, eu é que não sou
Não vou mais pisar o freio, eu é que não vou
Andar com gente que é mais ou menos, eu é que não vou

Tem gente que não deveria ocupar-se
Com coisas que não conseguem nem planejar
Eu não vejo outra saída, não quero passar a vida
Pisando uma pedra e voltando-a pisar

Se você quer um amor perfeito, eu é que não sou
Se você quer alguém sem defeito, eu é que não sou

Eu não, eu não sou
Eu é que não sou


Mais Um'


Mais um final de semana que se encerra... Mais um domingo que se vai... Mais um mês que está acabando...

Fim Fim Fim

Só me pergunto onde foi parar o descanso que eu gostaria de tirar pra mim ?
Tudo bem que hoje eu não fiz nada a tarde - se bem que nada não é bem o termo, porque eu assisti Glee' e usei a internet, e estudei um pouco, e li um pouco - além de ficar na cama, deitado com meu super-cobertor (reafirmando, que tudo o que eu fiz foi na cama), mas porque eu não consigo dormir durante o dia :S

Eu bem que tentei... mas não rola.

Então, o que eu gostaria que se fosse junto com este fim de semana é a canseira que eu sempre sinto e as olheiras que me deixam 'Like a Panda'.

mas tudo bem, se não rola não rola né.

Nem sempre a gente tem tudo o que gostaria.

26/05/2010

Bendito TCC


Trabalho de Conclusão de Curso (e que não leiam isso os professores do meu curso, especialmente a minha orientadora :S), ou também conhecido como 'Trem Chato pra Ca.....'

Meeeeeeo, é tanta coisa que a gente - que já não tem todos os parafusos no lugar - fica meio grog. É o Kotler' me falando que as instituições de ensino devem utilizar atividades de marketing em suas agendas porque o cenário mudou; ou o Porter' me propondo estratégias para atingir Vantagens Competitivas frente aos concorrentes... São as aulas de análise contábil - que me mostram coisas que não faço idéia do que sejam (ainda) - misturando mais coisas na bagunça que anda a minha cabeça.

Daí me aparece um tal de Schumpeter falando de empreendedorismo, que é a força motriz de uma sociedade, pois com as atividades desenvolvidas pelos empreendedores contribuem para a melhoria das condições da sociedade que se beneficia com as novas invenções, com novos serviços, postos de trabalho e afins.

Bom, é uma loucura que só.

Mas lá no fundo - e olha que nem precisa ir tão fundo - eu gosto disso.

As vezes me pego pensando em empreendedorismo, nas consequências positivas que ele traz pra gente, ou nas atividades de marketing que vejo a toda hora em minha frente, e das mais variadas formas.

A criatividade voa solta pelo vento como se fosse poeira, só que com a vantagem de ser melhor recebida - em alguns casos - do que a poeira.

Bom, divagando nos pensamentos eu sempre me perco, mas sempre me acho bem no final :D


25/05/2010

A Felicidade não mora ao Lado

Se a Felicidade mora ao lado eu gostaria muito de saber do lado de quem né, porque dependendo de quem seja eu posso me tornar vizinho :D

Brincadeira... não sou tão depressivo, embora eu curta algumas coisinhas meio deprimentes como algumas músicas, alguns filmes... um final de semana sozinho.

Sou meio assim do jeito que nem sei...

Mas a Felicidade não mora ao lado não... pelo menos pra mim ela mora é comigo.

19/05/2010

'II Coquetel com RH'


Olá pessoas, hoje a deixa é o convite, para quem se interessa pelas áreas de Recursos Humanos, para participarem do 'II Coquetel com RH' uma realização dos acadêmicos do 3° ano do curso de Secretariado Executivo Bilíngue da Unioeste - Campus de Toledo.


Pra que lembra, estou postando aqui as informações do curso, dos seus eventos, e do Ciclo de Debates e Palestras, promovido para oportunizar aos acadêmicos uma vivência prática dos assuntos estudados em sala, como a organização de eventos, dentro de contextos escolhidos pelos próprios acadêmicos.


É mais uma forma de o curso mostrar à comunidade a sua preocupação com a formação de seus acadêmicos para o mercado de trabalho.


Assim, segue abaixo a nota do evento e convite.


--

II Coquetel com RH

Os acadêmicos do 3º ano de Secretariado Executivo Bilíngue da Universidade Estadual do Oeste do Paraná - campus Toledo, em parceria com o curso de Gestão de Recursos Humanos da FASUL, estão organizando o ‘II Coquetel com RH’, com o tema: Comunicação e Gerenciamento de Conflitos, que será realizado no dia 01 de junho de 2010 ás 19h15min no Auditório da FASUL - Faculdade Sul Brasil – Toledo, PR.

O evento configura-se como atividade complementar para os acadêmicos e dá seqüência ao ‘Ciclo de Debates e Palestras’, promovido pelo curso de Secretariado Executivo, buscando integrar os acadêmicos e a comunidade ao mercado de trabalho.

As inscrições para o evento custam R$ 10,00 e deverão ser realizadas com os acadêmicos do 3º ano de Secretariado Executivo na Unioeste de Toledo, ou com a Profª Matilde, na FASUL até o dia 28/05 (sexta-feira).

Programação:

19h00 – Credenciamento e Entrega de Material
19h15 – Abertura do Evento
19h30 - Palestra - Comunicação e Gerenciamento de Conflitos com Stefi Maerker - São Paulo.
21h00 – Mesa redonda com profissionais de Recursos Humanos de empresas convidadas.
21h50 – Coquetel no Hall de entrada.


Para mais informações: (45) 3379-7049 com Secretário da Coordenação do curso de Secretariado ou pelo e-mail mailto:coquetelrh.unioeste@gmail.com.

16/05/2010

!!! Sem Nome Sim !!!

No começo, tudo era azul. Da cor do céu, com um toque de azul do mar, mesclando e dando movimento, forma, sentido e vida àquele azul.

O movimento foi ficando mais intenso e tomando formas cada vez mais diferentes – estranhas eu diria – que deixavam quem o via boquiaberto, sem saber se contemplava, corria ou largava tudo e se metia no meio daquele azul.

De repente tudo ficou mais lento, e quando parou, quem assistia aquele espetáculo privado percebeu que aquele azul não era mais o mesmo azul... nem mesmo azul era mais.

Tudo havia se tornado branco, de um jeito misterioso e sem vida. A emoção fora embora, a adrenalina também havia passado... a esperança de coisas novas sumiu em meio aquele branco tão branco como o fundo dos olhos daquele que assistia tudo de camarote, com a pele quase tão branca quanto o branco supremo que tomava conta de tudo.

Ele esperou que viesse logo uma nova cor, pois aquele branco lhe dava náuseas. Mas não como as náuseas que já sentiu em sua longa vida... era algo diferente... uma angustia que lhe apertava a garganta tentando tirar todo o ar e a vida que ainda tinha, assim como aquele branco, que havia tirado a vida da Cor Azul.

E assim outra cor veio.

Uma cor mais forte, tão forte que demorou para que ele percebesse que não era cor... ou eram todas as cores juntas.

E tudo ficou escuro.

Escuro como quando antes de nascer ele havia visto. E disso ele lembrou por um único instante, pois aquela falta de cor começou a fazer falta também às suas lembranças.

A penumbra foi se intensificando e a náusea passou. O que veio foi o medo. Medo de não ver mais cores... de não ver mais vida...

E quando tudo parecia morto, ele definitivamente morreu. E ao morrer viu que as cores que já havia visto não eram nada como aquilo que via agora.

Um eterno arco-íris se fez à sua frente mostrando que daquele momento em diante não precisaria mais ver uma cor de cada vez, nem esperar que a próxima cor fosse alegre. Ele teria tudo o que desejasse ao olhar o arco-íris. Mas mesmo assim, com todas aquelas cores, ele queria ver de novo a Cor Azul, que marcou sua vida e ficaria por toda a eternidade marcada em sua memória.

12/05/2010

Tudo ou Nada


JustificarNa medida do possível as coisas vão se encaminhando... quase como um caminhão transportando melancias, que com o balanço da estrada ajeita a carga e deixa tudo bunitinho bunitinho...

Assim seguem as coisas em minha Linda Vida.

Como sempre digo, eu me amo e sou correspondido. Assim não tem como nada dar errado. Eu me bato e me conforto... durmo comigo mesmo e me acordo de manhã... trabalho também assim, na companhia da pessoa mais linda do mundo (Eu) e Deus é claro.

Por isso tenho certeza que tenho tudo, e nada... tudo que é Meu não é mais Meu quando Meu Eu Me toma tudo emprestado.

Narcisismo??

Não... Amor !!!

06/05/2010

Trabalho, Estudos e Sexo.


Falando, falando e não dizendo nada me coloco a pensar em cada coisa que até me perco no tempo e nas coisas (como sempre, porque não sei o que me ocorre que sempre me perco).

Agora, me encontrei pensando no trabalho, em um evento que estou querendo participar, em um artigo que quero escrever, e em sexo.

Pensar é tão bom né!!??

E melhor que pensar é fazer!!!

Agora quero ver se deixo de pensar tanto e faço as coisas, levando do jeito que der, consertando os estragos, enfrentando os problemas e tendo prazer... Prazer no que se faz é fundamental, seja no trabalho ou seja no sexo, ou em qualquer outra coisa que se apresente. Penso que devo me atentar mais pra essas coisas, porque sexo é tão importante como estudar e aprender...
Sexo e Conhecimento são fundamentais para o desenvolvimento de qualquer pessoa (e teve esses dias um ministro falando que sexo faz bem pra saúde, então aproveita, se joga).

No trabalho estou tendo prazer ultimamente, já na parte do sexo eu prefiro não comentar... E assim volto aos meus pensamentos, me perdendo mais uma vez, mas não deixando de pensar nas coisas boas da vida, e nas ruins também porque não sou de ferro.

03/05/2010

Final de Semana.


Final de semana bem apriveitado com direito a passeio com os amigos...

O pessoal da van' se jogou neste fim de semana pra Boa Vista, lá na casa da Gê. E fomos todos felizes e contentes aproveitar um final de semana tranquilo.

Eu estava mesmo precisando disso. Sair de casa, do estresse do dia-a-dia, dos estudos e afazeres que sempre me deixam prisioneiro.

Então eu fui... não nadei porque não sei nadar... mas entrei na água todo contente e curti a paisagem. E que paisagem viu... o lugar era muito lindo... mato, água, frutas, vacas - aham, até vacas lá, e elas passeavam pertinho da gente :D - e muitas coisas... Sem contar a presença dos amigos, que é sempre uma das melhores coisas de qualquer passeio.

Agora voltei pra rotina dos meus dias, e que de verdade eu adoro.

Bora pra mais uma semana.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...