26/11/2010

Então é (quase) Natal !!!

Então é Natal, e o que você fez ???
O Ano termina, e começa outra vez !!!

Pois bem, já estamos praticamente no final do ano... Uma época que tradicionalmente é marcada por festas, comemorações, confraternizações, amigos secretos, despedidas de turmas de aula, de lavar as paredes da casa pra esperar Papai Noel, de fazer aqueeeeeele faxinão em casa, de enfeitar um pinheirinho de Natal (e colocar neve de mentirinha nele pra dizer que aqui em Cascavel está frio =S)... e hipocrisia.

Sim! HIPOCRISIA !!!

Nessa época é possível observar pessoas que passam o ano inteiro na maior FILHADAPUTAGEM posando de bonzinhos(as), queridinhos(as), preocupados (as) com as pessoas e tudo o mais, e ainda por cima cheios de amor e esperança. São abraços, beijinhos, presentes ou lembrancinhas e um TE DESEJO UM ANO MARAVILHOSO (aham Coleeeeega, senta lá!!)...

Nem mesmo o real significado do Natal (o nascimento de Jesus Cristo) é lembrado (não que eu saiba exatamente, mas tenho uma noção =S). A data se tornou tão popular que hoje em dia é comemorada mais como uma boa oportunidade para aumentar as vendas nas lojas do que como o dia do nascimento de Jesus (ou quase, porque aparentemente esse dia - 25/12 - não é exatamente a data de seu nascimento, mas uma data escolhida para sua comemoração, mas enfim...).

Bons pensamentos, bons sentimentos, em muitos casos, são apenas da boca pra fora. E o coração? Guarda amor próprio pelo menos (essas são pra refletir)? Ou é simplesmente o nosso EGO falando mais alto e exigindo sempre mais? Mais do que tenho... mais do que meus 'amigos' tem...

Pois é. Pode ser que sim, ou não!

Mas e aquela análise - a famosa listinha - de tudo o que fizemos de bom e de ruim? Porque devemos fazer as duas (ok??!!), bom e ruim, porque não somos simplesmente puros em bondade nem monstros por natureza: SOMOS UM MISTO DE AMOR E ÓDIO, que nos faz ser humanos.

Vamos agora acrescentar nessa lista tudo o que poderia ter sido feito e não foi... todas as pessoas que poderíamos ter ajudado mas não ajudamos... todas as pessoas que não precisávamos ter magoado, mas que magoamos...

Mas uma coisa é certa: NÃO ADIANTA CHORAR PELO LEITE DERRAMADO, nem mesmo querer voltar no tempo.

AGORA É A HORA !

Hora de pedir perdão. De dizer Adeus... De repensar sobre o que podemos fazer de diferente no próximo ano para nos tornamos - e para tornar a vida de outra pessoa - melhores. Agora é hora de planejar o cuidado que vamos ter com nossas leiteiras pra não deixar o leite derramar novamente.

Vamos aprender com nossos erros e tentar não cometer os mesmos novamente. Vamos correr mais, amar mais... nos deixar ser amados.

E principalmente lembrar que o Natal não é o dia do Papai Noel (ou Papai Natal como dizem os portugueses) trazer doces e presentes. É o tempo de celebrar a união das pessoas que amamos.

É tempo de Paz... É tempo de Amor... É tempo de Amar !!! 


Natal também é tempo de Coca-Cola (bom, essa não tem tempo né??!! a gente toma o ano todo)!!!


21/11/2010

'A Semana' das 'Primeiras Vezes'

Para começar, preciso dizer que não uso diário (bem que eu gostaria, mas não sei se rola comigo ... o por quê  não sei nem explicar, mas tudo bem... então uso este espaço para, as vezes, botar pra fora alguns relatos do meu cotidiano). Mas essa semana merece - alguns pontos dela - atenção e registro, porque a memória nem sempre é das mais companheiras...
Segunda feira teve o feriado e eu pude aproveitar um pouquinho para estudar para a prova de mestrado que faria no dia seguinte (:S) junto com a Fer, lá em Curitiba. Passou-se o dia que nem vi, e quando dei por mim já era hora de ir pra rodoviária. Fomos bem, quase sem dormir no ônibus, mas chegamos inteiros. E eu como só havia passado por Curitiba umas duas vezes tive a oportunidade de conhecer um pouco mais daquela cidade maravilhosa (adorei meeeeeeesmo). E é claro que a gente não ia dormir a hora que chegou né... Como a prova seria a tarde a gente foi direto pra rua, conhecer um pouco da cidade, da Universidade Federal e dos shoppings. A tarde realizamos a prova e foi muito estranho :S porque a gente nunca fez prova de mestrado antes (aham, kkk)... Mas fizemos e é claro que pra desestressar a gente precisava de mais shopping... Comer na verdade. E assim foi. Voltamos no mesmo dia em que chegamos lá (novamente sem dormir muita coisa no onibus, pelo menos eu não dormi muito, né @_fersanches ??).

E porque ??

Porque na quarta-feira eu tinha que defender a minha banca aqui em Toledo (alí em Toledo né, porque eu moro aqui em Cascavel ;D)... Sim, minha banca. E assim foi... estudei um pouco a tarde, e a noite me joguei pra Toledo. Defendi a banca e como foi a primeira vez que passei por uma banca estava meio dãr. Mas foi e passei (ufa!!).

E no relato das primeiras vezes: Prova de Mestrado

O resto da semana passou tranquilo, com a busca por um pouquinho de descanso, que beeeeem na verdade ainda não chegou, mas tudo bem... eu nem queria mesmo.

E no sábado, pra completar minha semana, estava com 'sede' de Balada. Saí com algumas amigas pra jogar sinuca antes e depois fui pro Hooligans Pub, assisti Big Wilson Soul Band (de Curitiba), com uma apresentação maravilhosa. Os cantores muuuuuito bons, principalmente a vocal Michele, abusando da sua voz e arrasando no palco.

Enfim. Tive uma semana satisfatória e fechada com chave de ouro.
E nessa reta de final de ano só preciso disso mesmo, descansar na medida do possível, pois a vida corrida do jeito que está é muito boa. Pois é nessas horas que a gente vê que é capaz de fazer sempre mais :D

Recomendo ;D

Ps: na semana anterior tbm tive 'primeira vez' > comi porco no rolete lá em Toledo

15/11/2010

Programação Televisiva

Sim, sou fã da Globo.

Inicio este post com essa confissão, que na verdade pra quem me conhece nem é lá uma confissão. Sou fã da Rede Globo de Comunicação desde sempre. Acredito que as programações são planejadas de acordo com as demandas da sociedade, apresentando os principais problemas e dilemas dos grupos sociais em destaque.

Pois bem, e hoje assistindo o Jornal Hoje vi duas matérias interessantíssimas (as outras tbm sempre atualizadas e importantes, mas duas me chamaram a atenção). Uma falando sobre ataques violentos contra homossexuais - ou a popularizada, mas ainda presente, Homofobia; e a outra sobre a Geração Y.

A violência em todas as suas nuances é algo desprezível. Violar o direito do próximo de até mesmo escolher quem ele quer ser é uma das espécies de maior ignorância - ao meu ver -, além de ser completamente fora de mão em uma época onde a própria legislação (na teoria) garante esse direito. O Jornal Hoje mostrou a reportagem de cinco jovens, homossexuais, que sofreram agressões 'sem motivo aparente' por um grupo de cinco 'meninos (entre 16 e 17 anos, e um com mais de 18) de classe média alta'. É revoltante ver que a violência atinge indiscriminadamente vários setores da sociedade, sejam como vítimas ou como agressores. 

E nessa hora cabe se perguntar se estamos livres de atitudes do gênero simplesmente por exercer nossos direitos à 'liberdade de expressão'?? Pois bem, espero que sim, porque como é um direito para todos, que assim seja. Em uma sociedade em pleno desenvolvimento é de se esperar que a atitude das pessoas também mude, de forma a acompanhar, civilizadamente, os avanços que se apresentam.

E assim, sem a intenção de polemizar assuntos (meramente intenciono expor minhas idéias e opiniões, ou meus pitacos sobre várias situações) pulo daqui para a Geração Y. Sim, a Geração Y, da qual faço parte e grande parte de meus amigos também. 

Essa geração é a que cresceu cercada de tecnologias, de novidades, de informações e produtos informáticos, de forma que passou a utilizar e esperar tudo para 'agora'. Pode-se dizer que é a Geração do Imediatismo. E desta forma a reportagem do JH mostrou o que os jovens da GY que estão ingressando no mercado de trabalho esperam de seus empregadores:

a) Ambiente de trabalho adequado;
b) Possibilidade de desenvolvimento profissional; e
c) Qualidade de vida.

Como podem ver, o salário não é simplesmente o que motiva as pessoas, principalmente os Y'ers. Reconhecimento, valorização do trabalho, possibilidade de crescimento pessoal e profissional também contam muito na hora de decidir por qual empresa vamos dedicar nosso trabalho.

Pois bem, concordo com isso. Acredito que nós, integrantes dessa geração, esperamos realmente grandes coisas e em pouco tempo. Imediatismo pode até ser, mas acredito que o gás, os conhecimentos e a vontade de vencer que trazemos é capaz de nos proporcionar bons resultados em um curto espaço de tempo sim. Por isso pessoas (principalmente os babyboomers), se cuidem: os Y'ers estão chegando com tudo!!!

E assim concluo este post. Reafirmando minha  preferência pela Rede Globo de Comunicação e dizendo que só sinto falta de algumas coisas nas programações: A apresentação de sugestões de ações concretas que possam reverter algumas situações-problema que nos são apresentadas. Pois temos sim essas sugestões, mas não para todos os problemas que a TV leva ao público. E como a mídia tem um grande poder, ela poderia utilizar esse poder para ajudar a construir uma sociedade mais justa e humana, não simplesmente para as crianças - que são o futuro do país -, mas também para as outras pessoas que sofrem de alguma forma de violência, preconceito (social, por opção sexual, por credo, cor, etc), etc.


09/11/2010

Maestro Google

Hoy, en mi clase de español con el maestro 'Google' me quedé con una duda:

La palavra manter (en portugues) es en verdad Facebook (en español)
=/

Pecar é Motivo pra ir 'pro inferno' ??

Pois bem: Que atire a primeira pedra quem nunca cometeu um pecado!

A cada dia estamos sujeitos e propensos a cometer pecados, começando pelos famosos Sete Pecados Capitais (Gula, Avareza, Luxúria, Ira, Inveja, Preguiça, Orgulho).

E o ser humano é uma 'coisa de outro mundo' mesmo né??!!

É invejoso por natureza, na maioria dos casos é preguiçoso, guloso, mesquinho e ganancioso, pra não dizer que tem tudo o que não deveria ter de uma vez só. E somos obrigados a conviver com isso diariamente, seja com nós mesmos, ou com pesoas que nos cercam, que fazem parte do nosso dia e que as vezes nos dizem 'ai que inveja de você, mas é uma inveja boa, ta' :D - Aham, senta lá Cláudia.

Cadê a inveja boa?? Inveja é inveja e se é um pecado capital famoso não pode ser boa, e vai te mandar direto pra inferno (kkkkk, momento comédia-dramática), assim como a gula ou a luxúria, ou a raiva... Me diz, existe raiva boa?? Aham, senta lá de novo Cláudia.

Bom, pecado é pecado. Fato!!! Mas pecar é motivo pra ir pro inferno?? Se for assim o inferno vai ter que expandir seus limites pra abrigar tanto pecador que existe por aí...

Mas agora eu estava me lembrando do livro O Caçador de Pipas (maravilhoso por sinal), onde um dos personagens diz que o 'maior pecado que se pode cometer é o de Roubar', porque quando você rouba alguma coisa de alguém está tirando algo que não é seu, de forma que praticamente todos os outros pecados são uma variação do pecado Roubar... Quando se mata alguém, está robando o direito dessa pessoa de viver, quando mente pra alguém está roubando o direito que essa pessoa tem de saber a verdade, e assim por diante.

Então, todos somos pecadores e todos estamos sujeitos a conviver com pessoas que cometem constantemente muitos pecados. E se todo mundo que peca vai pro inferno mais cedo ou mais tarde a gente se encontra lá nos Quintos dos Infernos.

;D
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...