14/06/2011

12/30 - SENTA (Se ela(e) não te ama).

Pode parecer frieza de minha parte, mas algumas coisas que vejo são tão claras - para mim é claro - que é difícil compreender atitudes que presencio, e que com certeza muita gente deve presenciar. Claro que todos sabemos que 'pimenta no olho dos outros é refresco', mas o óbvio nem sempre é tão óbvio ao que parece.

A sigla SENTA - elaborada por mim nesta tarde - corresponde à frase SELA(E) NÃO TAMA. E escrevo isso porque pelo que percebo, em muitos casos, é difícil para algumas pessoas compreenderem e aceitarem isso como algo natural (pode não ser bom, mas não deixa de ser possível de acontecer). 

Acontece que muitos relacionamentos terminam e uma das partes não consegue aceitar. Ou se aceita, logo pensa melhor e decide não aceitar. Aí a confusão está feita. Mas o que essas pessoas não querem entender é que SENTA, não há nada que se possa fazer. Chorar, espernear, infernizar, falar com os amigos dela(e), nada disso vai funcionar. E se funcionar, é por um tempo muito curto, porque o outro lado se sentirá obrigado a fazer isso e o relacionamento não funcionará como deveria.

Uma relação amorosa é constituída de duas partes, e essas duas partes devem estar interessadas em manter esse relacionamento vivo, com paixão, amor, cumplicidade. Se para um dos envolvidos esses sentimentos acabaram, é melhor não tentar insistir. Essa estória que muitos dizem EU AMO POR NÓS DOIS não dá certo. É apenas um atraso na vida de ambos.

Terminar um relacionamento é fácil ? Não.

Manter um relacionamento de fachada é fácil ?? Provavelmente seja mais difícil ainda. 

Se acabou, vamos deixar o outro tentar ser feliz ?? E vamos tentar 'ser feliz' também ??

Agora cabe aquela velha história que se houve quando alguém é demitido: Você está sendo colocado à disposição de novas e melhores oportunidades no mercado.

Ninguém diz que isso é fácil (muito menos eu tenho a intenção de dizer). Mas impedir que a felicidade bata à sua porta não é uma boa opção.

E outro ditado popular ensina: Se conselho fosse bom não se dava, se vendia... Então não vejam isso como um conselho. Vejam apenas como um ponto de vista que talvez tenha certa relevância.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Compartilhe sua opinião e seus pitacos...

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...