27/12/2011

Cartas para Julieta

Quem nunca ouviu falar, ou mesmo leu e/ou assistiu, algo sobre Julieta ? Essa mesma. A Julieta do Romeu, eternizada pelo texto de Shakespeare (mas que na verdade foi uma remontagem de textos italianos). Uma historia que fala de amor (e que você pode conferir clicando aqui) - o verdadeiro amor - e dos desafios que o cercam. Uma história que foi remontada e apresentada por todo o mundo... Várias vezes... E que ainda encanta um público vasto, mostrando à eles que histórias de amor existem de verdade.

Fonte da Imagem: Cineclick.
E uma parte dessa história, que poucos conhecem, é apresentada no filme Cartas para Julieta (2010), com Amanda Seyfried - sinopse aqui -, apresentando ao mundo as Secretárias de Julieta, que respondem as cartas e bilhetes deixados no muro da casa de Julieta em Verona, na Itália.

Eu já havia ouvido falar do filme, e ontem resolvi assistir. O resultado foi fantástico. Muito além das minhas expectativas, sobretudo pelo fato de eu não estar mais tão interessado em filmes de romances e afins. A trama do filme apresentou uma jovem que é apaixonada por escrever e que ao conhecer Verona se deparou com este grupo de mulheres - as Secretárias de Julieta - respondendo as cartas de pessoas apaixonadas de todo o mundo e que por motivo ou outro se identificam com Julieta e sua história e vem até Verona buscando uma resposta para seus dramas, um conselho, uma palavra amiga, um pouco de atenção... Em meio a este grupo e a seus próprios dramas de amor, Sophia (Amanda Seyfried), que está visitando Verona com o noivo, descobre uma carta antiga, de 50 anos atrás, que não foi respondida e resolve dar à pessoa que a escreveu uma resposta. Essa resposta desencadeia uma série de acontecimentos que mexem com a vida de muitas pessoas, inclusive a dela... 
Fonte da Imagem: Cinema de Buteco.

Porém, o que me deixou mais boquiaberto com o filme foi a capacidade de mostrar aos expectadores uma chance de acreditar que o amor existe. E que ele pode sim ter um final feliz. Lembrei, ao ver o filme, da minha amiga Lidiane - do blog Mentalidi ou Mundo da Lidi para os seguidores - e de uma estória que ela escreveu em seu blog (Quando o amor chega) falando exatamente disso, da possibilidade de existir amor e de existir sim um final feliz (inclusive essa é uma das coisas que mais admiro na Lidi, a esperança e a capacidade que ela tem de acreditar). 



Fonte da Imagem: Cinema de Buteco.
Mas enfim, eu ainda não encontrei o meu - ou encontrei e perdi - verdadeiro amor, mas tenho, lá no fundo, a esperança de um dia encontrá-lo. Tenho esperança de um dia poder me entregar à paixão, de viver a vida sem medo de ser feliz, de amar e ser amado. E é em situações como essa - assistindo ao filme - que me coloco a pensar: Existe mesmo amor ? Ele é para todos ? Ele vai durar para sempre ??

Essas e outras perguntas ficaram rodando em minha cabeça, mas de uma coisa eu acho que eu sei: o amor pode existir sim, e que se não for pra sempre que seja eterno enquanto dure.

E quando ao filme, tenho mais é que recomendar. Recomendo para quem acredita no amor, para que mantenha esse sentimento, que ao meu ver é uma benção. E recomendo para quem não acredita que possa existir um amor de verdade, para que - quem sabe - a ficção ajuda a compreender que a vida não precisa ser triste e solitária e que todo mundo pode sim ter uma história de amor. E não importa o tempo que ela dure, importa é o tempo que essa história te fez/faz feliz.


--

3 comentários:

  1. óóówwwwwnnnn, eu sou assim iludida da vida mesmo huahauhauahhauahau, e, a propósito adoro esse filme *-* Vc já assistiu "Mama Mia" é com essa atriz tbm e com as músicas do ABBA, gostei bastante! Bjinhus Ro, te adoro mutcho mininu!

    ResponderExcluir
  2. Ai Lidi :)
    Adorei Mama Mia... To pensando em escrever sobre ele alguma coisa... Passei ate a gostar de algumas músicas do Abba depois do filme... E a Meryl Streep sempre apavora né ;)

    Obrigado pela participação sempre aqui... bjooo

    ResponderExcluir
  3. Lindo filme!!! Mama mia tbm é ótimo!!!

    ResponderExcluir

Compartilhe sua opinião e seus pitacos...

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...