18/02/2014

Sobre a legalização da venda de drogas...

Antes de tudo, devo dizer que não acho drogas algo legal (no sentido de bom, interessante e etc); Não sou a favor do uso de drogas; não acho que isso deva ser legalizado de fato; e principalmente NÃO USO NADA DISSO ! Quero apenas promover a reflexão sobre o que acontece a nossa volta.

--

As vezes fico pensando que não há sentido pra não legalizar essa bosta ! E por que? Bom, primeiro: porque sabemos que isso [a venda de drogas] acontece em toda parte e em todos os horários; segundo: porque se fosse legalizada os 'vendedores' deveriam pagar imposto sobre os 'produtos' (o que aumentaria a arrecadação da União - pra onde isso iria é um outra longa e desconhecida história); e terceiro: porque o que é proibido é mais gostoso (logo, não teria mais tanta graça)...

Mas falo isso porque essa semana um fato muito curioso - para mim - me chamou atenção: Estava eu passando pela calçada ao lado da Praça Eufrásio Correia, aqui em Curitiba, quando vejo várias pessoas fumando maconha sorridentes e solidários uns com os outros ao passar aquele bagulho de mão em mão... Mas isso tudo bem. É cena corriqueira naquela praça. Andei mais alguns passos e aí vejo um rapaz entregando um embrulho bem pequenininho nas mãos de outro rapaz após receber uma quantia em dinheiro... Bem assim: dezenas de pessoas caminhando, outras descansando na praça, outras comprando e/ou vendendo 'coisas', como se fosse um pacote de pipoca (só que beeeeem menor e com um potencial nocivo à saúde infinitamente maior) que a gente compra... Continuo observando, meio de canto de olho, e o comprador conferiu a mercadoria e saiu, provavelmente consumir o produto recém adquirido.

Então fico pensando, que bosta é essa? Se o povo compra e vende isso livremente não seria melhor legalizar? 

Aí penso um pouco mais e acredito que não... No entanto, o que fazer com isso é que eu já não sei. Assunto pra muito mais reflexão.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...