09/07/2014

#OrgulhoDeSerBrasileiro

Meu país, pra mim, não se define pelo futebol. Não se define pelo carnaval... Não se define pelo samba.

Esses elementos fazem parte de uma cultura muito maior, composta por gente de toda cor, de toda raça, toda fé (fazendo a Ivete, porque afinal, o país também é feito por ela, por mim, por você...), todo lugar... Meu país se define pelas maravilhas que possui, pela nação que luta (a que luta, não a massa inconformada que julga a bola como o elemento central da nossa bandeira), pelos trabalhadores de todo dia... 

Meu país se define pela sua história, pelos mais de 500 anos de lutas e de conquistas, pela tradição que importou do mundo e mesclou com a tradição dos moradores legítimos dessas terras, os índios, dos quais também me orgulho de ser descendente. 

Meu país, pra mim, se define pela luta da ciência, das conquistas dos que estudam, pesquisam e tentar mudar os rumos de um conformismo técnico-científico... Se define pela luta dos educadores, dos estudantes e dos que acreditam que a educação pode mudar os rumos da sociedade... 

Se define pela luta diária de milhões de pessoas que enfrentam horas no trânsito, seja no ônibus ou nos carros ou em qualquer outro meio de locomoção, para poder trabalhar e pagar as contas, os impostos e tentar ser feliz...

Meu país é mais que um resultado de 7 x 1. Meu país é mais que uma Copa do Mundo! Meu país é mais que um evento esportivo qualquer... Meu país é o Brasil, que levou anos para chegar onde chegou - e continua avançando - e não pode se deixar ficar cabisbaixo em função de uma derrota. 

Meu país é forte, é verde, é grande... Por isso eu tenho, nas vitórias e nas derrotas, o orgulho de ser brasileiro.



--
Mesmo não curtindo a ideia de Copa do Mundo aqui desde o início, mesmo não torcendo fanaticamente em nenhum dos jogos, mesmo não colocando bandeira do Brasil no carro e nas janelas, eu torci pelo nosso time. Torci pela nossa vitória, que não veio, mas que não me deixou mais pobre, mais feio, mais nada. É triste, todos estão tristes, mas vai passar, como tudo na vida. E outro dia a gente ganha... assim vem sendo por mais de 500 anos em tantos assuntos, por que não seria com o futebol?

2 comentários:

  1. Muito bem dito Ro, adoro o Brasil independente de ganhar copa ou não, até gosto muito de outros países, mas fico pensando que jamais conseguiria morar em outro lugar sem sentir uma falta enorme do meu país... E além de tudo, nós estamos promovendo um evento gigantesco sem todas aquelas catástrofes que estavam previstas, ao contrário, demos um show que a maioria não esperava, só por isso, já valeu muito a pena. Se os bilhões gastos foram bem utilizados? Bom, aí já é outra história né... Bjuss

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, tenho muita vontade de conhecer o mundo (ou algumas partes dele). Mas também gosto do meu país... E concordo com você, contrariando muitas opiniões demos um show em vários sentidos. Agora quanto ao dinheiro gasto, nem Mãe Diná conseguiria dizer pra onde foi... rsrs

      Excluir

Compartilhe sua opinião e seus pitacos...

:)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...